fbpx

De fato, até existem medidas que podem ser adotadas para aumentar as chances de gravidez, no entanto, nenhuma estratégia é capaz de acelerar todo o processo. O que os casais que desejam engravidar precisam fazer é primeiramente planejar, além de investir no contato íntimo sem proteção durante o período fértil da mulher, momento no qual ocorre a ovulação. Existem ainda as medidas que devem ser totalmente evitadas, como o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo. Todos esses fatores podem influenciar na fertilidade, uma vez que alteram o sistema reprodutor da mulher e do homem.

Outra conduta importante para quem está tentando uma gravidez é manter uma boa alimentação, principalmente rica em alimentos frescos e naturais. Alguns nutrientes são favoráveis à fertilidade, como as vitaminas e os minerais. Deve-se ainda ter atenção e consumo moderado de alimentos com alto índice glicêmico, pois podem atrapalhar algumas etapas, inclusive alterar o pH vaginal, fator que contribuir para a concepção. Invista em alimentos integrais e mais uma vez: priorize frutas, legumes, verduras e outros alimentos naturais.

A atividade física regular também é essencial, uma vez que favorece todo o organismo, bem como os sistemas reprodutores. Agora, se mesmo seguindo todas as medidas que auxiliam as tentativas, a gravidez não acontecer em um período de 12 meses, é o momento de buscar orientação médica especializada. O período é menor para mulher com idade acima dos 35 anos. Neste caso, a procura deve acontecer após 6 meses de tentativas.

A avaliação do ginecologista especialista em reprodução assistida é indispensável, além de ser um método eficaz para descobrir se há um quadro de infertilidade e indicar o tratamento mais adequado. Caso a gravidez ainda seja dificultada, o sonho da maternidade ou paternidade não foi perdido. Atualmente, as técnicas de reprodução assistidas estão ainda mais modernas e com altas taxas de sucesso. Portanto, procure ajuda. Existem caminhos para quem deseja ter um filho!