Hoje em dia está cada vez mais comum, infelizmente, a notícia de que alguma pessoa próxima a nós não consegue engravidar. E antes de explicar os motivos por trás desse fato, é necessário definir o que significa infertilidade conjugal. A Organização Mundial de Saúde (OMS) define infertilidade como a não concepção do casal após 12 meses de tentativas através de relações sexuais desprotegidas e sem quaisquer métodos contraceptivos.

Agora sim. Vários fatores estão relacionados a não obtenção de sucesso reprodutivo pelo casal. Um dos mais importantes, tanto para os homens quanto para as mulheres, está sendo a transformação social que nossa sociedade vem passando, com uma maior preocupação em se obter empregos melhores, capacitação prolongada e até mesmo maior estabilidade emocional e econômica, os casais estão postergando cada vez uma possível gestação. 

No entanto, a idade ainda é um dos fatores mais importantes quando abordamos a reprodução. Mulheres a partir dos 35 anos apresentam uma diminuição considerável da fertilidade e estão sujeitas a complicações mais graves tanto para ela quanto para o feto, como malformações ou até mesmo aborto espontâneo.

Diante desse cenário, fatores externos também contribuem para um maior prejuízo reprodutivo. O excesso de poluição ou substâncias químicas presentes no ar inspirado, noites mal dormidas constantes, alimentações pouco nutritivas e sedentarismo fazem parte desse grupo de fatores que estão contribuindo para a não concretização do sonho de ser pai e mãe pelos métodos naturais.

Portanto, se você deseja um dia realizar o sonho de ter um filho, busque uma melhor qualidade de vida, ainda que esteja procurando uma maior estabilidade profissional no momento. E, claro, siga sempre com uma avaliação com profissional especialista no assunto, principalmente quando há uma possível infertilidade.

Open chat