fbpx

Caso as tentativas de gravidez tenham ultrapassado os 12 meses (6 meses para mulheres com mais de 35 anos) é o momento de buscar ajuda especializada. Após esse período, segundo a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM), a Organização Mundial da Saúde e outras instituições médicas, considera-se quadro de infertilidade. No entanto, a boa notícia é que existem diferentes alternativas de tratamento.

Mas como enfrentar um diagnóstico de infertilidade?

Por mais que a condição tenha afetada apenas vocês, as estimativas apontam que, mesmo sendo saudáveis, mantendo relações sexuais sem proteção e métodos contraceptivos, os casais têm 20% de chances de engravidar.

Enfrentar a infertilidade, não é uma das tarefas mais fáceis, mas é possível – e possível através da ciência médica. É por isso que o primeiro passo dessa batalha é buscar ajuda. O processo se inicia com a investigação completa e detalhada do problema com o objetivo de identificar a causa, além de confirmar o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado.

Quando falamos em infertilidade é importante não perder tempo!

Assim que os indícios de infertilidade são percebidos, o casal precisa buscar o médico especialista em reprodução assistida. E quanto antes isso acontecer, melhor. Atualmente, existem diferentes tratamentos para casais que não conseguem engravidar (todos com segurança e efetividade comprovadas), porém, a idade da mulher e doenças que causam infertilidade e não foram tratadas adequadamente podem colocar o casal em uma corrida contra o tempo.

Por fim, a recomendação para os casais que desejam engravidar em 2021, é não olhar para trás. É não se apegar ao passado. Novos caminhos só acontecem quando todos olham para frente. Por isso, siga em direção. Dê o primeiro passo rumo ao ao sonho de vocês!