fbpx

Diante da dificuldade para engravidar, a avaliação médica deve ser realizada no casal. O conceito de que o problema “geralmente está na mulher” é totalmente equivocado. Apenas os exames e procedimentos diagnósticos podem dizer, no entanto, é fundamental alertar que algumas doenças podem prejudicar a fertilidade do homem – e algumas patologias podem ser assintomáticas.

A varicocele, por exemplo, é uma das causas mais frequentes. A condição, que pode ser silenciosa e não causar sintomas claros, é caracterizada pela dilatação das veias testiculares, algo que atrapalha o retorno do sangue e altera a função do testículo. Com isso, a qualidade e até mesmo a quantidade dos espermatozoides são alteradas.

Por mais que a doença tenha impacto no presente, sobretudo no momento de tentar a gravidez, o aparecimento da varicocele pode acontecer antes. Como a condição não provoca dor ou grandes desconfortos, ela pode passar despercebida. Em outros casos, mesmo com a presença de sintomas, alguns homens deixam de procurar ajuda médica especializada.

Quando a varicocele causa sintomas, os mais comuns são: dor nos testículos (que pode variar de leve à intensa), inchaço e presença de caroços, além de sensação de peso nos testículos.

Sendo assim, é muito importante reforçar que os cuidados com a saúde devem ser constantes e, diante de alterações ou sintomas, deve-se procurar orientação médica. Por vezes, um problema que poderia ser tratado com facilidade no passado, ou seja, quando surgiu, torna-se mais complexo no presente. E a varicocele é um deles.

Por fim, os homens também devem passar pelos exames de avaliação assim como as mulheres. Após a análise em ambos, será possível identificar quais fatores estão impedindo a gravidez e indicar o melhor tratamento.