fbpx

A fertilidade do casal deve ser testada após um ano de tentativa de gravidez segundo especialistas em reprodução humana. Em casos em que a mulher tem idade maior que 35 anos, o prazo é de seis meses. É muito comum que os casais esperam mais tempo para fazer realizar esse diagnóstico, o que pode acabar diminuindo a possibilidade de superar esse problema.

Após três anos de tentativas, as chances diminuem muito de acordo do com a Rede Latino-Americana de Reprodução Assistida. Segundo a Dra. Genevieve Coelho, especialista em reprodução humana e diretora da clínica IVI Salvador, maior grupo de medicina reprodutiva do mundo, isso acontece “porque qualquer razão para a infertilidade, que se caracteriza após um ano de tentativas de gravidez se complica com o tempo, além disso, a fertilidade reduz com a idade, principalmente no caso de mulheres acima dos 37 anos”.

Muitas mulheres procuram o ginecologista quando percebem as primeiras dificuldades para engravidar, no entanto ao fazer essa procura para uma avaliação da fertilidade completa é preciso saber se ele atua na área de reprodução.

Se consultar com um especialista é o primeiro passo para encontrar a solução. “As pessoas acreditam que procurar um especialista em reprodução humana é automaticamente precisar de um tratamento caro, mas nem sempre é assim, principalmente se as pessoas não esperassem tanto tempo”, contou a especialista.

Durante a primeira consulta os pacientes são entrevistados sobre o histórico de tentativas e eventuais exames existentes são analisados e outros podem ser solicitados com base na entrevista, como por exemplo, ultrassonografia transvaginal, exames hormonais, espermograma e cariótipo do casal. Também poderão ser solicitados exames para avaliar a permeabilidade das trompas. Os tratamentos variam de acordo com os resultados dos exames e a idade dos pacientes.