fbpx

Não existem alimentos capazes de fazer uma pessoa engravidar, assim como não existem chás e outros métodos “alternativos”. No entanto, é comprovado pela ciência que a alimentação saudável tem impacto na fertilidade. Ou seja, o estilo de vida pouco saudável pode sim afastar o sonho da gravidez; bem como as boas escolhas alimentares podem favorecer o funcionamento dos sistema reprodutor.

De modo geral, a alimentação deve ser variada e priorizar alimentos frescos e naturais. Em relação a nutrientes específicos, pesquisadores da Harvard Medical School e Harvard T.H. Chan School of Public Health publicaram uma revisão de estudos em 2019, na qual ressaltou a importância de manter uma alimentação saudável e incluir na dieta vitaminas e nutrientes específicos para benefício da fertilidade.

A revisão de estudos aponta que, quem deseja engravidar, deve buscar alimentos com ácido fólico, vitamina B12, ômega 3, além da dieta mediterrânea, que também tem impacto positivo.

Na lista de alimentos com efeitos negativos, ou seja, que atrapalham a fertilidade, a revisão apontou gorduras trans e, claro, a alimentação pouco saudável, geralmente baseada em alimentos industrializados e repletos de elementos químicos.

É válido lembrar que a avaliação dos especialistas, bem como a atenção com a alimentação considera mulheres e homens, e não um grupo em especial. Todos devem cuidar e buscar hábitos saudáveis, principalmente quando há desejo de ser mãe ou pai.

Embora alguns nutrientes e vitaminas sejam importantes para a fertilidade e foram citados na revisão de estudos, a recomendação é procurar orientação de médicos e nutricionistas.
Não há consenso geral sobre quais são as quantidades que cada nutriente e vitamina cada pessoa deve ingerir. Cada caso é individual.

Além disso, em hipótese alguma faça uso de suplementos sem avaliações clínicas e prescrição.